domingo, 29 de novembro de 2015

OFICINA DE POESIA

DICAS DE POESIAS - OFICINA DE POESIA PARA INICIANTES.
Por: Germano Gonçalves.

OFICINA A ARTE DA POESIA
Na literatura marginal periférica divergente

Primeira aula.
Aula I

INTRODUÇÃO

Esta oficina é para se ter uma noção na composição de poemas, todos nós podemos e somos capazes de ser um poeta, existem sim os que têm a inspiração, mas podemos ser poetas da construção.
Desmitificaremos a ideia de que só pode ser poeta aquela pessoa que já nasceu com o dom de utilizar palavras pelas suas emoções, seremos aqui poetas com dedicação, objetivo de construção com vocabulários próprios, aliando-se a algumas teorias estilísticas seremos poetas, mas para isso precisamos de muito empenho.
Atualmente, a prática da leitura de poesia está um pouco esquecida nas escolas, bibliotecas e espaço cultural. Isso ocorre devido ao pouco contato, dos primórdios de sua formação, colocando-se somente a linguagem culta nas poesias e de caráter acadêmicos, mas com a chegada da literatura marginal periférica divergente todos pode ser um poeta e deixar de lado aquilo que parece possível só para quem já nasceu com o dom e que para se fizer poesia tem que estar em transe, porém a poesia pode ser trabalhada na sua construção das palavras, frases e versos, bem como fazer poesia livre sem regras, mas determinando um limite próprio do poeta.
Sabidos de que a poesia é um dos gêneros literários mais distantes da comunidade e da escola, é preciso descobrir formas de familiarizar e de aproximar as crianças, adolescentes,  jovens e os adultos da poesia.
E essa forma de familiarização e aproximação deve ser feita minuciosamente através do cotidiano de cada um, do local onde se vive e que se passa evitando assim as várias afirmações de que os poemas são de difíceis interpretações e entendimento.
Assim a poesia não é de difícil interpretação, apenas necessita de mais cuidado e atenção para que ocorra um entendimento da mesma com conhecimentos dos vários sentidos de um texto poético.

A HISTÓRIA DA POESIA.

Na Grécia Antiga o poema foi a forma predominante de literatura, os três gêneros (lírico, dramático e épico) eram escritos em forma de poesia. A narrativa, entretanto, foi tomando importância, ficando a poesia mais relacionada com o gênero lírico.
A poesia tinha uma forma fixa: seus versos eram metrificados, isto é, observavam os acentos, a contagem silábica, o ritmo e as rimas, a contagem silábica dos versos foi sempre muito valorizada até o inicio do século XX, quando a obra que não se encaixasse nas normas de metrificação não era considerada poesia.
Isso mudou com a influencia do modernismo (fase cultural da literatura surgido na Europa). Atualmente na fase contemporânea e com a literatura marginal periférica divergente, o ritmo dos versos foi liberado e temos os chamados “versos livres” que não seguem nenhuma métrica, assim surge também o poeta da construção.

O PRIMEIRO POETA.
Gregório de Matos Guerra.
(*1636 +1695)

Segunda aula.
Aula II

 AS FERRAMENTAS PRINCIPAIS PARA FAZER POESIA.

- 1º - Que tema?
- 2º - Sobre o que? 
- 3º - Deque maneira escrever um poema?
- 4º - Será que é poesia mesmo?

Essas são as ferramentas básicas, ma ao longo da oficina veremos muito mais, perguntas que geralmente surgem, pois quando ler uma poesia de outro escritor / poeta, pensa não quero ao ler quero fazer poesia.

UMA DICA MUITO IMPORTANTE ANTES DE INICIARMOS A OFICINA.

Cuidado, copiar versos de autores é considerado plágio, ou seja, cópia, e é crime, o que se pode acontecer é ler outros poemas, se inspirar nas palavras que eles utilizam ser influenciado por eles em seus temas, mas cópia jamais, pois É CRIME!
Ex: de inspiração e influência.
Inspirou-se na poesia, por tanto, foi influenciado pelo poeta: Paulo Leminski.

Terceira aula.
Aula III

Mais uma Dica
Uma peculiaridade que se apropria de quem quer fazer poesia, é a ansiedade, pois ela emperra o sucesso, podemos ater a todos os artistas, por tanto, procure ser calmo leve e não se preocupe se a poesia não ficou boa, tente outra vez, rasgue quantas folhas de papel for preciso, ou delete do computador o que acha que não está bom, mas nunca desista, se construir um poema e achar que está bom, pronto! Divulgue entre os amigos, e não espere resultados só positivos. Mas uma coisa é certa a maioria das pessoas vão gostar.

Nenhum comentário: