quarta-feira, 1 de abril de 2015

COLUNAS EM SITES DE LITERATURA


O JORNALIRISMO:

O Jornalirismo é um grupo que nasceu em janeiro de 2007, pela união de profissionais idealistas que trabalham com comunicação e arte em suas muitas manifestações, como o jornalismo, a propaganda, a literatura, a fotografia, o cinema e o design.
A gente busca novas formas de comunicação, informação e compreensão da realidade.
A gente quer comunicar para transformar, quer construir pontes para o diálogo entre o centro e a periferia, contra o preconceito, e deixar a marca da gente no mundo.

O COLUNISTA GERMANO GONÇALVES:
Frequentou a Escola Livre de Literatura Santo André, SP. Realiza projetos de incentivo à leitura, possui textos e poemas em livros por participações em concursos literários, escreve para jornais de bairro. Faz parte da Casa de Cultura do Pq. São Rafael – Projeto Gente, periferia paulistana. E é escritor, autor, entre outros livros, de "O Ex-excluído – poema e prosa".

Também escrevo mensalmente no site abaixo: Na coluna "Palavras Seladas".




O site Polifonia Periférica surgiu a partir da pesquisa de mestrado de Rociclei, idealizador do site, que convivendo com a cultura hip hop percorreu diversas comunidades do Rio de Janeiro e São Paulo e nelas descobriu uma produção intensa de artistas, trabalhos, cultura, arte, inovações e etc. Descobrimos inúmeros artistas e instituições que resistem criando e produzido não só produtos, mas novas formas de vida, novas formas de relações, novas formas de comunicação e novas linguagens. Porém, muitos artistas e instituição, mesmo trabalhando de forma honesta e incessante, ainda não tem seu devido reconhecimento. O objetivo é que o Polifonia Periférica seja um ponto de uma rede de colaboração em que todos divulguem todos e que todos tenham seus trabalhos divulgados e propagados. Não importa a linguagem utilizada para produzir nem a voz que é produzida, mas o produto que se produz e que transforma vidas.

O Polifonia Periférica quer mostrar o que a periferia cria e produz. O site quer mostrar as manifestações culturais, artísticas, politicas e sociais que fazem das periferias uma potência. Criado em Agosto de 2011, em um curto espaço de tempo, se tornou um referência não só de entretenimento, mas também de informação, cultura, debate, denuncias e resistência no Brasil e em mais de 40 países que acessam. Embora seja de origem carioca, para nós não há fronteiras,nem limites,o que importa é mostra a periferia de qualquer lugar do Brasil e do mundo. Estamos hoje com colaboradores em 8 países da América do Sul, Angola, Moçambique, Portugal, Espanha, México, Estados Unidos e em todas as regiões do Brasil. Seja bem-vindo(a) a essa viagem. Divirta-se conosco

Nenhum comentário: