quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Na livraria do sarau suburbano convicto

Tenho sim vários assuntos, mas por falta de tempo não consigo postar todos os dias, mas assim que aparece um tempo coloco um assunto e hoje colocarei isso aqui.
Que são os poetas que fizeram o 1º Sarau do Subrubano na livraria Suburbano Convicto do meu amigo se assim posso chamá-lo: Alessandro Buzo e o assunto são o seguinte:
Dizem que poesia era mais para as mulheres, mas preste atenção na foto acima só da eu e manos declamando poesias em mais um sarau representado pela periferia, como eu costumo dizer: Poesia viva.
E o que é poesia viva?
Poesia viva é aquela que esta a seu lado dia-a-dia, poesia que você escreve quando avisa um amigo do perigo, quando perdeu seu mina muito querida, entro em atrito com sua mãe por causa do ovo frito, não queria levar marmita a luta já grande na periferia o serviço é braçal e muito atarefado. Poesia viva é escrever cada palavra que se escreve da sua comunidade, é isso aí a poesia é viva dentro de cada um de nós que nos tornemos um poeta para dar vida à poesia.



Sarau do Suburbano

O urbanista concreto poeta Germano Gonçalves em ação no Sarau do Suburbano mandando uma poesia.

SARAU DO SURBUBANO na livraria.

1º Sarau de 2011 na Livraria Suburbano Convicto do Alessandro Buzo, olha só as feras que se aprtesentaram os poetas estavam mesmo inspirados, pois na cidade estava o maior caus por causa das chuvas de janeiro, mas o sarau rolou e foi dez, pois tinha exatamente 10 poetas. Valeu!