segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

A princesa e a lua

A PRINCESA E A LUA.
Por: Germano Gonçalves.

Existia uma princesa, que toda à noite, olhava pra lua.
Saía à rua, saía pra ver a lua.
Tanto que a via, que sonhou um dia.
Em tocar a lua, entrar na lua.
E o sonho continuou, ano após ano.
Até que um dia, saiu para rua para ver a lua, toda sua.
Com a esperança de vê-la toda brilhante.
Observou que não tinha mais lua, cabisbaixa partiu e pensou.
O que será da humanidade, se a lua partir de verdade.
Faria de tudo para que a lua voltasse.
Entre seus belos pensamentos voltou para seu castelo.
Tão triste ficou, de não ver a lua que adormeceu e, não sonhou.
Acordou e pensou!
Queira ela que não seja uma quimera.
Toda aquela formosura e beleza.
Assim espantar sua tristeza.
Diante da mesa, fez um pedido ao príncipe.
Traz-me a lua de volta, que serei eternamente, toda sua.
O príncipe encantado, prometeu lhe dar a lua.
A princesa, do príncipe se desgostou.
Não que eu, não queira ela.
Não que ela, não me queira.
Quero apenas vê-la.
Observa-la entre as estrelas, sonhar com ela.
Possui-la seria impossível, toca-la utopia.
Acabaria com toda sua beleza.
A lua, pertence a natureza saiu para rua, pra ver a lua.
E lá estava a lua, toda sua.
Como quem agradecia, para a princesa.
A lua sorria.

Nenhum comentário: