Wikipedia

Resultados da pesquisa

domingo, 17 de junho de 2018

LANÇAMENTO ANTOLOGIA POETAS DO SARAU URBANISTA CONCRETO VOL. I - poesias e reflexões.


Tarde de frio, garoa e muita poesia boa.

Poetas do Sarau Urbanista Concreto Vol. I (poesias e reflexões).

Assim rolou mais um sarau Urbanista Concreto, e de quebra com o lançamento do livro: ANTOLOGIA DOS POETAS URBANISTA CONCRETO VOL. 1 (poesias e reflexões), tarde mais que gratificante, com uma variedade de linguagens artísticas, música da boa, poesia marginal, a arte do cordel esteve presente, declamações de poesias pelos participantes da Antologia, quem veio presenciou uma magia, uma sintonia em cada apresentação, e no calor humano que se fez nesta tarde de frio, na zona leste de São Paulo com todos em uma união, aquecendo o coração de todos, teve homenagens que não poderia de acontecer, ao nosso e de todo querido Marcio Marcelo do Nascimento Sena, editor da Antologia, que hoje com certeza está feliz lá no céu, vendo o seu belo trabalho ser apresentado em um sarau com poetas dignos de suas poesias, como eu disse: Estamos juntos sim, pois é só uma viajem, e nós vamos nos encontrar, ou melhor, todos nós.
O sarau iniciou com a abertura do seu idealizador, poete e escritor Germano Gonçalves, que mandou uma poesia, e teve a fala sobre a literatura urbana marginal, e leu o prefácio da Antologia pelo mesmo escrito, e logo em seguida tivemos a fala de Maria Jeremias, que nos contou um pouco da Antologia que foi realizada, pelo seu então falecido marido, o nosso querido Marcio Marcelo do Nascimento Sena, os dois eram parceiros e muito mais que isso, comandava não só a editora como também o Sarau Matinal Beco dos Poetas, por uns bons (8) oitos anos juntos, desenvolviam um maravilhoso trabalho, e após a fala de Maria Jeremias, deu-se inicio a apresentação dos participantes da Antologia dos Poetas do Sarau Urbanista Concreto Vol 1 – (poesias e reflexões). Abrindo então as menções da Antologia, tivemos Eliege Antonio, que participou com seu texto de reflexão, e em seguida a presença do poeta da Alma Jonas Luiz, que recitou sua poesia que consta na antologia, assim como Luiz Poeta, com seus cordéis sobre o meio ambiente, e a evolução do treco, o sempre e brilhante poeta Mario Neves com suas poesias que sensibiliza a vida, o estreante e apreciador da arte e poesia Nilson Minante que leu uma de suas poesias que faz parte da antologia, e em seguida tivemos o multi-instrumentista Ricardo Peçanha com sua voz e violão, além de seu desempenho para alcançarmos uma humanidade mais justa. E as apresentações estavam a todo vapor, e chegou a vez do integrante do sarau Urbanista Concreto, apresentar sua participação na Antologia e leu seu poema publicado no livro, e chegou o momento da fala da pessoa que tratou a Antologia com o maior carinho possível, que disse que não queria fazer uma coisa pequena, e sim uma antologia digna dos poetas que estavam participando, estou falando de Shellah Avellar, que além de cuidar da revisão da obra, participou com o posfácio da Antologia e leu para todos os presentes. E o sarau como sempre digo é diversificado no meio artístico, tivemos também a participação de Thina Curtis, fanzineira e oficineira e musa dos fanzines, que participou da antologia e leu suas poesias, abrilhantando mais ainda o sarau.
Além das apresentações dos participantes da Antologia tivemos também a fala de Henrique, filho do Marcio Marcelo do Nascimento Sena, que também é editor assim como foi o pai, falou de todo o processo da antologia, e leu uma poesia em homenagem ao Sena. Mas tivemos ainda a participação de Marcos Vieira com a sua boa música, que sem duvida nenhuma estava típica para ocasião, música para se ouvir em um bom lugar, com um ambiente ameno e amoroso, a música que torna receptivo a emoções, e por falar em música recebemos também o Meramolin com seu violão e voz, recepcionando a todos com sua música, e a poesia doce de Nanci Vieira, e lógico a participação do público no microfone aberto e no recado literário. O Sarau Urbanista Concreto, lançamento da Antologia Poetas do Sarau Urbanista Concreto, teve a cobertura da produção do Mov Cria, que realiza o programa Artvismo na Rede TVT de Televisão, um pessoal que leva a serio e faz com amor um jornalismo de responsabilidade. Com muita cooperação e união, hoje conquistamos mais um objetivo, realizamos um sonho, a publicação da antologia, mas não seria possível sem a participação de todos vocês parabéns pra nós, e assim o sarau aconteceu, e mês que vem, vem mais valeu!


FACHADA DA ENTRADA DO SARAU URBANISTA CONCRETO NA ORGANIZAÇÃO FORÇA CULTURAL.


Germano Gonçalves - O urbanista Concreto, escritor, poeta e professor.


Maria Jeremias, editora da editora Beco dos Poetas.



Foto coletiva dos poetas participantes da Antologia: Poetas do Sarau Urbanista Concreto Vol. I - poesias e reflexões.


Ricardo Peçanha - Músico e poeta.


A obra: Antologia dos Poetas do Sarau Urbanista Concreto Vol. I - poesias e reflexões.


Henrique editora da editora Beco dos Poetas, que publicou a Antologia: Poetas do Sarau Urbanista Concreto Vol. I - poesias e reflexões.


Mesa literária com o recado literário, que faz parte do Sarau Urbanista Concreto.


Shellah Avelar que cuidou da revisão e fez o posfácio da Antologia.


Germano Gonçalves e José Roberto Lima, educador.


O público veio prestigiar.


Eliege Antonio, bibliotecária que participou da Antologia.


Thina Curtis, fanzineira também participante da Antologia.


Mário Neves, poeta e escritor que participou da Antologia.


Luiz Carlos Florentino, o Luiz Poeta participante da Antologia.


O publico prestigiando.



Foto coletiva em ângulo extra, dos poetas participantes da Antologia.



O público atento nas apresentações.


Ricardo Peçanha, músico e poeta.


Participação do publico.


Richard Nunes, um dos integrante do Sarau Urbanista Concreto, participou da Antologia.


Jonas Luiz, poeta que participou da Antologia.



 Nilson Minanti participou da Antologia. 
  

Apreciadora do sarau mandando seu recado.


Nanci Vieira poetisa recitando no Sarau.


Melamorin, músico tocando no Sarau Urbanista Concreto.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Marco Vieira músico abrilhantando o Sarau.


Nilson Minanti na mesa de lançamento.


Shellah Avellar posta á mesa de lançamento.


Jonas Luiz na mesa de lançamento.


Foto coletiva Sarau Urbanista Concreto.

Germano Gonçalves – escritor, poeta e idealizador do sarau urbanista concreto, organizou a Antologia junto a Richard Nunes e escreveu o prefácio da obra.

Maria Jeremias e Henrique da editora Beco dos poetas.
José Roberto Lima – educador.
Nanci Vieira – Poetisa.
Os músicos Marcos Viieira e Melamorim.
Os abaixo são os que participaram do livro: Antologia do sarau certo?
Eliege Antonio – bibliotecária.
Jonas Luiz – poeta.
Ricardo Peçanha – músico.
Richard Nunes – Blogueiro.
Luiz Poeta – cordelista.
Mário Neves – poeta e escritor.
Nilson Minanti – educador.
Thina Curtis – Fanzineira e Shellah Avellar.
O sarau teve a cobertura de Soraya Costa e Fábio do Mov Cria, programa Artvismo da TVT Brasil.
O sarau é realizado na FORCA CULTURAL.
Organização Forca Cultural de Fomento A Arte, Cultura, Esporte e Mídias Populares.
R Francisco Lobo, 10, Parque São Rafael, São Paulo - SP,
CEP 08311-140, Tel: 96215-2562 – Site: www.forcacultural.com / e-mail: forcacultural@hotmail.com
Atividade econômica: Atividades de organizações associativas ligadas à cultura e à arte.



quarta-feira, 16 de maio de 2018

ANIVERSÁRIO CASA DE CULTURA SÃO RAFAEL

CASA DE CULTURA MUNICIPAL SÃO RAFAEL COMPLETA 2 ANOS DE ATIVIDADES.

A Casa Municipal de Cultura do São Rafael, zona  leste da capital de São Paulo, realizou evento de 2 anos das atividades, que estão alcançando os objetivos, para trazer mais cultura a comunidade.
Por tanto, personalidades da cultura e a liderança comunitária local aparecem no 2º Aniversário da Casa de Cultura Municipal São Rafael, que contou também com a participação das parcerias com a casa e a comunidade veio prestigiar.
Sr Miguel Arcanjo, que muito faz pelo bairro em assuntos sociais, a presença de Wagner, diretor da rádio Energia Mix, estava presente também o poeta e professor Germano Gonçalves, idealizador do Sarau Urbanista Concreto, e gestor da Casa de Cultura, A abertura das comemorações com a fala do Marquinhos coordenador da Casa de Cultura, sobre a importância das parcerias, com as instituições locais, como o CCA Elizabeth Gasperavícius, o Cantinho da Paz e o CJ São Francisco, e o objetivo a ser alcançado pela casa, trazer mais cultura pra comunidade, e incentiva-los aos estudos, pois como ele mesmo afirmou, um país é construído com cultura e educação, elogiou ainda a presença de crianças e jovens no evento, pois os mesmos são o futuro do Brasil. Também coordenador da Casa de Cultura James Abreu falou do que está sendo feito na Casa em termos de eventos e apresentações, e parabenizou todos que estavam neste dia 15/05/2018 comemorando, os dois anos da Casa de Cultura São Rafael.
O evento todo comandado pelo o som do Show Samba-Chorinho de Ailton Freitas e banda.

E agradecemos a todos que vieram prestigiar, mas não podemos deixar de lembrar-se de quem faz a casa andar, como toda a equipe da Casa de Cultura, desde o coordenador,  e o pessoal de limpeza bem como os da Vigilância, aos técnicos e jovens monitores e à toda equipe de Supervisão das Casas de Cultura. Lembrando sempre que a Casa é Nossa, e sem vocês não teríamos como realizar tal evento e nem manter a Casa. E com apoio de alimentos, foi capaz realizar e ser oferecido para os presentes um pequeno Coffe-break, ao término da comemoração, e aos apoiadores Mercadinho do Timaia, Sacolão da Fazenda, Supermercado Mais e Padaria Styllo São Paulo, dizer que a luta é constante, e estamos caminhando para suprir as necessidades da comunidade, parabéns a todos envolvidos.
Confiram alguns momentos das comemorações.




















domingo, 29 de abril de 2018

De Sarau em Sarau!

    ISTO É SARAU!

   E vamos de sarau, desta vez, os urbanistas concretos, Germano Gonçalves e Richard Nunes, foram prestigiar o sarau Beco dos Poetas, um espaço que admiro muito, pelo trabalho desenvolvido entre seus organizadores, Maria Jeremias e Marcio Marcelo. Sempre a frente do sarau com toda disposição, trazendo a literatura a tona, e além de realizarem o sarau, sempre focando nas publicações de antologias, levando as ideias e pensamento dos poetas, para os cantos da cidade e pelo país afora. 
Sentimos que em cada sarau realizado pelo Beco dos poetas, nos sentimos sempre especiais, pela recepção carinhosa e aconchegante do espaço, a certeza de que somos importantes para o sarau, como o sarau é importante para cada um que se apresenta, ou para quem vem somente prestigiar, formando assim uma só corrente em prol da literatura, da poesia, da música, das intervenções artísticas em todas as suas linguagens.
É sempre bom estar com vocês, pois são momentos únicos, que nos proporcionam prazeres e alegrias, nas manhãs de domingo, quando o sarau é realizado, parabéns pra nós, valeu!